A influência do skate na street wear

A influência do skate na street wear

Falar em moda urbana e não citar a presença do skate é, praticamente, impossível. A prática dessa atividade, que se transformou em esporte de verdade, tem tudo a ver com as fundações da street wear.

A ligação é tão grande que é até difícil imaginar o que seria da moda street sem esse componente. Afinal, as escolhas fashion se transformaram em uma espécie de identificação e permitiu a criação de uma cultura própria.

Para entender melhor essa influência, confira alguns pontos da íntima relação entre skate e street wear.

A construção do estilo em Los Angeles

Foi na década de 70 que o skateboarding, como é chamada a prática, começou a surgir. O cenário eram as praias e ruas agitadas de Los Angeles, na Califórnia. O clima mais quente do que no restante do país ajudava os praticantes do esporte a aproveitarem ao máximo as possibilidades da rua.

O movimento ganhou força na mesma época dos surfistas. Nesse período, as pranchas de surfe e as do skate atraíam interessados de todas as idades e classes sociais. Os jovens passaram a se reunir com frequência para treinar e se divertir — e logo o movimento se propagou.

O crescimento para as ruas de Nova York

Já no começo da década de 90, a ideia tinha cruzado o país e migrado para Nova York. A Big Apple nunca foi ensolarada como a Califórnia, mas garantiu o fortalecimento do movimento.

Acompanhando o skate, o hip hop se consolidava. O gênero musical estava em alta e começava a explodir no cenário da metrópole. Em pouco tempo, os dois aspectos se fundiram e ganharam força.

A grande presença dos sneakers na street wear

Outro destaque para a influência do esporte na moda é que o uso dos sneakers começou a se tornar cada vez mais forte. O motivo é simples: para melhorar a prática, os skatistas precisavam de firmeza e segurança. Então, os tênis passaram a aparecer em novos modelos para atender a essa demanda. Um ótimo exemplo é a marca Vans, que se tornou uma verdadeira queridinha dos skatistas.

Após a migração para Nova York, o aspecto ganhou fôlego — afinal, a cultura hip hop sempre esteve ligada a esses calçados. A street wear, então, recebeu o complemento que parecia estar faltando.

A consolidação de uma cultura própria

O fato é que a influência do skate é assim tão grande por causa do seu papel de agregar pessoas e formar uma cultura. Andar de skate não é apenas uma atividade física ou um hobby. É algo que se converteu em um estilo de vida, o qual reúne pessoas com gostos e interesses parecidos.

Tal questão ajudou a consolidar a proposta da street wear, já que ela se transformou em forma de expressão, de identificação e de pertencimento a um grupo. Por isso, a relação é tão conectada.

O skate e a street wear têm tudo a ver porque são aspectos que surgiram juntos. Ao conhecer a influência desse esporte, fica fácil entender toda a cultura que envolve o tema, além das possibilidades de estilo!

Curtiu se aprofundar na história? Compartilhe o post nas suas redes sociais e espalhe a informação no rolê!

Tênis Vans: conheça a história da marca que já possui mais de meio século

Tênis Vans: conheça a história da marca que já possui mais de meio século

Você com certeza já ouviu falar no tênis Vans. Não é para menos: em 2016, a marca completou 50 anos de existência. Tornou-se um verdadeiro sinônimo de sucesso entre os jovens, sempre com alta qualidade e inovação em seu legado no espaço urbano da moda.

Quer saber um pouco mais sobre a marca favorita das antigas e novas gerações de descolados? Então, acompanhe o post que preparamos para você e saiba tudo sobre a marca Vans!

Como tudo começou

Em 1966, precisamente no dia 16 de março, os irmãos James e Paul Van Doren inauguraram uma pequena loja de calçados esportivos na cidade de Anaheim, na Califórnia, com ajuda de três outros sócios (entre eles, estavam Gordon C. Lee e Serge D’Elia). Inicialmente os calçados eram voltados para os skatistas; e os irmãos tinham apenas uma amostra do tênis.

O tênis Vans era todo confeccionado em lona, muito leve, maleável, sem forro e com o solado vulcanizado. A produção dele era feita em um ponto adjacente à loja. A empresa foi batizada como Van Doren Rubber Company e na época era a única empresa que produzia itens que eram direcionados a um público específico e jovem.

O conceito da Vans

A marca surgiu com uma proposta que envolve a cultura do skate e sua evolução. Tudo isso permeado por muita originalidade. Dos calçados esportivos, a marca expandiu para outros modelos de tênis (mais modernos e casuais), acessórios e peças de roupas, sem deixar de contemplar o seu público principal — ou seja, os skatistas e moderninhos.

O tênis Vans Authentic

O primeiro tênis produzido pelos irmãos James e Paul foi o Vans Authentic. Junto com a marca, esse modelo completou 50 anos em 2016. Na década de 1960, recebeu o nome de Deck Shoes. Vale dizer que, quando foi lançado, na cidade de Anaheim (na Califórnia) o hoje tão famoso Vans Authentic vendeu 12 pares logo no primeiro dia.

Ninguém poderia imaginar que cinquenta anos depois esse modelo se tornaria um clássico da marca e conquistaria o mundo, virando uma referência da época e de atitude.

A popularização na década de 1970

No início dos anos 1970, a marca cresceu bastante e ficou ainda mais popular. Isso resultou em mais pedidos de encomenda de modelos específicos, fabricados para o Departamento de Defesa Norte-Americano e para a Força Aérea dos Estados Unidos.

O solado vulcanizado foi aderido em peso pelos skatistas. Afinal, o material ajuda nas manobras, devido à sua melhor aderência.

O apelido Vans e o “boom” internacional

A mudança no nome da marca veio de um apelido dado pelo seu maior público, tornando-se o nome oficial. Na década de 1970, praticamente todos os skatistas eram vistos com um tênis Vans nos pés.

Já em 1975, a marca inovou com o lançamento do modelo Vans #95, popular até hoje, que na verdade é conhecido como Vans Era. O design desse calçado foi elaborado por dois skatistas: Stacy Peralta e Tony Alva.

Em 1979, com o lançamento do modelo Vans #44, a marca passou a vender seus itens nacional e internacionalmente, inaugurando 70 lojas somente no estado da Califórnia.

Daí para a frente, o tênis Vans passou a ser um símbolo das gerações não apenas de skatistas, mas também do punk rock e do hard rock, por fazer parte do vestuário de bandas famosas nos anos 1980.

Hoje o tênis Vans é um sucesso nos pés dos jovens e adultos descolados e modernos. Virou mais do que uma marca, mas um estilo de vida!

O que achou desse post? Você já teve algum modelo da Vans? Deixe aqui o seu comentário.

Tênis Vans: 5 modelos que todo apaixonado por sneaker deve ter

Tênis Vans: 5 modelos que todo apaixonado por sneaker deve ter

Desde os anos 70, os tênis Vans têm feito muito sucesso pelo seu conforto e boa durabilidade. Queridinho dos skatistas, o modelo agora faz parte do armário de pessoas de todo o mundo por seu design esportivo e leve.

Sem contar que seu desenho é muito arrojado. Isso significa que, seja qual for o look escolhido, você sempre vai parecer mais estiloso e irreverente com um deles nos pés, tanto nas ocasiões informais quanto naquelas em que tiver que se mostrar mais arrumadinho, porém com pouco de liberdade.

Curte a proposta da Vans? Acompanhe este artigo para conferir modelos que você, apaixonado por sneaker, deve ter!

1. Tênis Vans Old School

Esse é um clássico da marca, pois foi o primeiro a trazer a icônica sidestripe. Seu cano é mais baixo e desenvolvido em camurça resistente, com biqueiras bastante reforçadas que não se desgastam mesmo diante de atividades constantes e movimentos de fricção repetidos.

Extremamente confortável, tem um cano acolchoado que traz muito mais flexibilidade para o usuário. E, para completar, o Vans Old School tem a clássica sola de borracha vulcanizada, o detalhe mais valorizado por qualquer fã desse tipo de sneaker.

2. Tênis Vans SK8-HI

O sneaker SK8-HI é um desdobramento do Vans Old School. Um dos mais populares entre os amantes de tênis para prática de skate, tem cano alto com cadarço e um cabedal muito bem estruturado, feito de lona e camurça.

O cano, por ser mais alto, recebe um recheio mais acolchoado para um melhor ajuste nos pés. Assim, quem usa se sente mais seguro para qualquer ação de impacto. Novamente, a sola original de borracha está presente e faz a diferença no design final.

3. Tênis Vans Authentic Knotted

O modelo Vans Authentic Knotted é ideal para quem deseja um toque mais feminino na produção. Para substituir o cadarço, o sneaker tem um charmoso laço de mesmo material do cabedal.

Ainda que seja mais aberto, é extremamente confortável, já que possui entressola para amenizar impactos e palmilha que se molda aos pés. Ou seja, é ideal para skate, para caminhadas ou, simplesmente, para um passeio descontraído.

4. Tênis Vans Authentic

O Vans Authentic é mais tradicional e ideal para quem prefere um visual mais casual. Perfeito para ser usado com jeans e camiseta, é ideal também para ir para a escola ou para a faculdade e, até mesmo, para o trabalho se o ambiente permitir.

Discreto, seu material lembra um pouco o jeans na textura. Pode ser encontrado em diversas cores, o que permite combinações diferentes, tanto com peças de roupas quanto com acessórios e mochilas.

5. Tênis Vans Old Skool Classic

Nada é mais popular do que o tênis Vans Old Skool Classic SLIP-ON! Com certeza você conhece esse modelo, não é mesmo? Além de fazer parte da cultura do skate, é um grande marco do estilo contemporâneo.

Sua silhueta é chamada de náutica e é totalmente aderente ao formato dos pés. É uma excelente opção para acompanhar a bermuda ou a calça, para homens ou mulheres. Para os dias mais quentes é melhor ainda, pois não precisa de meias para acompanhar.

E aí, qual desses modelos de tênis Vans é o seu favorito? E qual sneaker é o mais confortável em sua opinião? Deixe um comentário abaixo e troque ideias com outros fãs da marca.

Asics Gel Nimbus: veja o que mudou nessa 20ª edição

Asics Gel Nimbus: veja o que mudou nessa 20ª edição

Vigésima edição não é para qualquer um. Poucos modelos de tênis chegaram a uma longevidade tão grande. Isso, certamente, quer dizer alguma coisa, não acha? Então, se ainda não o conhece, chegou a hora de saber mais sobre o tênis Asics Gel Nimbus.

Quer ver quais foram as mudanças recentes no modelo? E por que tanta gente gosta dele? Então acompanhe este post!

Conheça o modelo Asics Gel Nimbus

O modelo faz parte da categoria de tênis para corrida com amortecimento. É desenvolvido com a tecnologia Fluid-Fit, que garante o ajuste perfeito aos pés. É indicado para corredores de longa distância e corredores iniciantes também. Importa dizer que é um modelo considerado “premium”, com excelente acabamento.

O modelo masculino tem 21 mm de drop na parte da frente do solado e 31 mm na parte de trás. Seu solado é ainda um pouco mais alto no modelo feminino. O tênis Asics Gel Nimbus é indicado para quem tem pisada neutra ou supinada.

Veja as mudanças para a 20ª edição do tênis

Quando comparamos com as edições anteriores, as principais mudanças estão no cabedal do tênis Asics Gel Nimbus 20, ou seja, o “corpo” do tênis. A nova textura deixou o modelo mais moderno, com uma coloração diferenciada, que faz um degradê de cores com o preto. É bem incrível!

Alguns detalhes possuem reforços com material emborrachado, como na parte dos dedos. Esse reforço também está presente nas laterais do tênis, o que aprovisiona um maior suporte para os pés. O novo cabedal traz alívio nos pontos de pressão dos pés durante a sua movimentação. Ainda conta com uma palmilha incrível (Confort Dry Sockliner), que entrega conforto e estabilidade às passadas do praticante de esportes.

A parte externa do calcanhar também ganhou um visual novo e emborrachado, contando com material refletivo e o logotipo da Asics.

Saiba qual é o diferencial do Asics Gel Nimbus 20

Essa é uma linha confortável, feita com um material macio (especialmente na parte do colarinho, para proteger os tornozelos e calcanhares). É acolchoado e faz parte de uma série recomendada até para os pés mais largos, por ser um tênis que não aperta.

A fôrma do tênis é média. Portanto, para garantir mais conforto durante corridas e caminhadas, o mais indicado é comprar um tênis com a numeração maior que o seu pé. Se você já conhece as edições anteriores, podemos dizer que a fôrma da série 20 atual é bastante parecida com a do 19 imediatamente anterior.

A entressola do tênis feminino tem excesso de maciez na parte do “ante-pé”, mas em nada se diferencia do modelo masculino no que se refere aos fatores visuais. São dois tipos de espuma (leves) na entressola, além de uma ótima quantidade de gel na região do calcanhar, garantindo todo o amortecimento nas pisadas.

O solado conta com dois tipos de borracha, de carbono e com injeção de ar, o que garante uma boa durabilidade do tênis, com leveza e maciez. Essa configuração ajuda no movimento dos pés para a sua corrida.

Quer mais conforto e proteção para os seus pés durante o movimento? Então o tênis Asics Gel Nimbus 20 é a sua melhor opção!

O que achou de conhecer esse modelo de tênis? Deixe aqui o seu comentário.

New Balance: saiba qual o significado das letras e números dos tênis da marca

New Balance: saiba qual o significado das letras e números dos tênis da marca

Todo sneakerhead repara nos principais detalhes de suas peças favoritas, certo? No caso da New Balance, os tênis da marca têm algumas características que se destacam em relação aos demais.

Além do famoso “N” gravado nas laterais, os modelos recebem números e letras. Entre as alternativas, estão 247, v2, X90 e por aí vai. Há, ainda, um código longo que identifica o modelo de maneira precisa. Mas será que você sabe como são úteis?

Para tirar todas as suas dúvidas, observe os significados dos elementos nas referências dos tênis da New Balance.

Afinal, o que são e para que servem os números e as letras?

A New Balance não pensa apenas na escolha de materiais ou no desenho dos produtos. Ela também desenvolveu um sistema de classificação, o qual ajuda a definir o estilo do calçado antes mesmo de experimentá-lo.

No começo, vêm 1 ou 2 letras que indicam o modelo. F é para feminino e M para masculino. Além disso, há outras siglas e entre elas estão:

  • MT: masculino para trilha;
  • WT: feminino para trilha;
  • MO: multiesporte ou de uso externo para homens;
  • WO: multiesporte ou de uso externo para mulheres;
  • MX: masculino para treinamento;
  • WX: feminino para treinamento;
  • MC/MCH/MCY/MS: para homens em geral;
  • WC/WCH/WCY/WS: para mulheres em geral;
  • KJ: infantil para corrida;
  • KV: infantil para corrida com sistemas especiais;
  • KT: infantil
  • KX: para treinamento infantil;
  • RC: de corrida e
  • US: feito nos Estados Unidos.

Logo em seguida, vem um número de 1 ou 2 dígitos. Ele indica o nível de tecnologia que o tênis detém e, em geral, vai de 3 a 19. No entanto, mesmo os de menor número são de alta qualidade.

Já os últimos 2 dígitos são ligados às qualidades especiais dos calçados. São eles:

  • 40: controle de estabilidade e suporte biomecânico;
  • 50: garantia de melhor desempenho em corridas em estradas ou locais fechados;
  • 60: aumento de estabilidade e de conforto na pisada;
  • 70: estabilidade mais leve, de modo a garantir velocidade;
  • 80: estilo neutro, com união entre leveza e proteção;
  • 90: maior velocidade e ideal para corredores em distância.

No final, algumas letras podem aparecer para indicar a cor. BW significa “preto e branco”, enquanto “BK”, apenas preto.

Para entender melhor, considere a seguinte referência: MS574FBN. Nesse caso, a combinação aponta que o tênis é masculino (WS), com nível 5 de tecnologia e com estabilidade level (série 70). A cor é azul-marinho (blue navy ou BN).

E as letras e os números nos nomes da New Balance?

Depois de conhecer os significados das referências, é o momento de descobrir o que são os elementos presentes nos nomes. Isso porque, na hora de adquirir um New Balance 247 ou um 574, é preciso saber qual é a melhor alternativa.

Esses números apenas representam o tipo de tênis que você comprará. Afinal, o modelo de assinatura 574 não é o mesmo que um 373.

De forma simples, são uma redução de tudo o que aprendeu até agora. Então, em vez de ser apresentado como MS574FBB, ele pode surgir apenas como 574. Ou seja, o nome do modelo é somente um diminutivo em relação ao código principal.

Por que esse sistema de tênis é importante?

Além de trazer originalidade para os tênis da New Balance, a referência é fundamental para entender como é a peça. Mesmo sem experimentar, você sabe se o item é leve ou pesado e se atende a necessidades específicas — como para correr ou compor seus looks.

Em um mercado cada vez mais dinâmico, isso tem uma aplicação prática: comprar online! Como não dá para experimentar nessa modalidade, usar o sistema faz toda a diferença para saber se um item é aquilo de que precisa.

Agora que você já conhece o significado dos números e letras, fica fácil entender a nomenclatura de tênis da New Balance. Assim, não tem erro na hora de escolher e comprar o seu!

Ficou com alguma dúvida? Conte aí nos comentários!

4 motivos para apostar no tênis Puma Ignite Limitless Knit

4 motivos para apostar no tênis Puma Ignite Limitless Knit

Você está precisando de um tênis para começar bem suas atividades físicas? Vai correr, mas não sabe qual seria a melhor opção para dar conforto e amortecimento aos seus pés? Essa pode ser uma missão complicada mesmo, especialmente considerando a diversidade de modelos de tênis de corrida que podem ser encontrados no mercado.

Para ajudar você na escolha, vamos falar sobre um modelo que tem feito a cabeça e os pés dos corredores: o tênis Puma Ignite Limitless Knit. Conheça as vantagens de apostar nesse belo par de tênis e garanta a segurança e o conforto nas suas corridas!

1. O tênis Puma Ignite Limitless Knit realmente traz conforto

Indicado também para usar no dia a dia, o tênis Puma Ignite Limitless Knit pode ser considerado um sinônimo de comodidade. Seu sistema de amortecimento conta com uma espuma exclusiva que garante uma resposta mais rápida para os seus pés ao longo das pisadas.

O cabedal é respirável e confeccionado em TPU, dando mais suporte aos pés e promovendo a durabilidade do seu tênis. O solado é de borracha para tração, e a entressola tem espuma ignite para amortecimento e retorno de energia.

2. É feito para correr na rua ou na esteira

O tênis foi pensado para proporcionar pisadas neutras e é recomendado para quem gosta de correr na rua. Inclusive, o nome da linha à qual o tênis Puma Ignite Limitless Knit faz parte é a “Run The Streets” ou “corra as ruas”, em inglês.

Mas, se o seu estilo não for desbravar a cidade nas corridas, não tem problema. O tênis também é aconselhado para quem corre na esteira, dentro de academias ou aparelhos pessoais em casa. Ele traz versatilidade para os diferentes tipos de corredores.

3. Pode ser encontrado em diversas cores

Vale dizer que o modelo masculino do tênis Puma Ignite Limitless Knit está disponível diferentes cores para sua escolha, das mais discretas até as mais chamativas.

Logo, uma cor para cada gosto! Dá até para combinar com a roupa que você estiver usando. Ou seja, mais estilo para a prática das suas atividades físicas!

4. Ostenta a qualidade dos produtos Puma

Não se pode deixar de mencionar que a Puma é uma das empresas líderes em itens esportivos, presente no mercado há mais de 60 anos. A marca desenvolve e comercializa produtos que vão de calçados a acessórios de vestuário. A empresa tem sede na cidade de Herzogenaurach, na Alemanha, e vende em mais de 120 países ao redor do mundo.

Já desenvolveu produtos para os atletas mais rápidos nas diferentes categorias: futebol, running (corrida), training e fitness, golf e automobilismo. A Puma conta ainda com a ótima colaboração de nomes importantes do design de roupas, como Alexander McQueen.

Outro fator de relevância e destaque: a empresa está indicada ao prêmio Época Reclame Aqui, como uma das melhores empresas para o consumidor brasileiro. Com todo esse incrível suporte, não dá para não considerar ter um tênis da Puma em seus pés, certo?

Agora que já entendeu tantos motivos, temos certeza de que você escolherá o tênis Puma Ignite Limitless Knit como seu melhor amigo para as corridas. E não se arrependerá!

O que achou de conhecer melhor esse incrível calçado para corrida? Deseja esclarecer alguma dúvida? Deixe aqui o seu comentário, com perguntas ou sugestões.

Converse Chuck Taylor All Star: conheça a evolução do tênis mais icônico do mercado

Converse Chuck Taylor All Star: conheça a evolução do tênis mais icônico do mercado

Mesmo quem não é apaixonado por tênis já deve ter tido um Converse Chuck Taylor All Star. Já entre quem é interessado no tema, esse pode ter sido um dos primeiros modelos usados ao longo da vida.

O fato é que essa opção é um verdadeiro clássico e surge em várias cores e formatos. Do tradicional branco aos estampados, ainda há o coturno, o de cano baixíssimo e até os com salto.

Para entender como essa peça fez e faz tanto sucesso, conheça a evolução do Converse Chuck Taylor All Star!

O primeiro modelo surgiu no começo do século 20

Foi na primeira década do século 20 em que a companhia que fabrica o tênis foi criada. Fundada em Massachusetts, nos Estados Unidos, a indústria lançou o primeiro modelo. Chamado de “Non-Skids”, tinha um visual diferente do atual, mas serviu como inspiração.

A peça tinha um solado de borracha, um cano baixo que envolvia o tornozelo e era voltado para a prática de esportes. Vendido como o “sapato de basquete inteiramente americano”, tinha foco no estilo dos esportistas.

A origem do nome Converse Chuck Taylor All Star

O termo Converse Chuck Taylor All Star surgiria um pouco depois, na década de 1920. Foi em 1923 o período em que o jogador Chuck Taylor entrou para o time The Converse All Starts, patrocinado pela marca do tênis. Com uma ação que rodou o país, o atleta ensinou basquete nas escolas e vendeu todos os pares que levou.

Nos anos seguintes, o jogador sugeriu modificações que deram uma experiência ainda melhor à peça. Então, o tênis se tornou febre entre os jogadores e também ganhou as Olimpíadas. No final da década de 1930, recebeu a logo no cano, com a estrela e o emblemático nome. Com tanta fama, já foi usado até por militares na Segunda Guerra Mundial.

O ganho de popularidade veio em seguida

Com o fim do conflito e a propagação do “american way of life” (ou “estilo de vida norte-americano”), a companhia de calçados começou a expandir. Na década de 1960, praticamente todos os jogadores profissionais e estudantis já usavam o calçado. Na década de 1980, a peça finalmente chegava à NBA.

Algum tempo depois, começou a deixar de lado a ideia de tênis para a elite do basquete para algo mais casual. As novas cores e o modelo no estilo oxford, com cano baixíssimo, o colocaram no street style.

A partir de 1980, a fábrica começou a ter problemas para se manter no mercado. Os sneakers tornaram a competição difícil e a falência ocorreu em 2001. Porém, a empresa foi comprada e assumida devido à marca forte.

Todas as fábricas nos Estados Unidos foram fechadas e levadas para países em desenvolvimento. Com mão de obra e matéria-prima baratas, o preço caiu e popularizou o calçado. Por causa do design unissex, logo explodiu em vendas para todos os estilos.

Desde a sua fabricação, há uma estimativa que 800 milhões de pares do Converse Chuck Taylor All Star já tenham sido vendidos.

As opções de hoje do mercado

Embora a versão branca com a logo no lado ainda seja a mais famosa, hoje há modelos para todos os gostos. Com estilos variados, é possível comprar vários pares e criar visuais cheios de conforto e beleza.

Em 2015, o mercado ganhou o Chuck Taylor All Star II. Inspirado no Non-Skids, surgiu como um modelo versátil, moderno e de alta tecnologia. Para o futuro, a tendência é que a peça continue a compor visuais casuais.

O Converse Chuck Taylor All Star é um dos tênis mais vendidos do mundo e muito popular entre diversos estilos. Do basquete à vida urbana, o modelo fez um longo caminho e, hoje, pode ajudá-lo a criar um visual confortável e com personalidade!

Nos comentários, diga o que achou dessa trajetória e conte a sua opinião sobre essa peça!

New Balance 247: 4 motivos para comprar e se apaixonar pelo tênis

New Balance 247: 4 motivos para comprar e se apaixonar pelo tênis

Na hora de comprar um tênis novo, é comum ficar na dúvida entre tantas opções, não é? Além de se adaptar ao seu estilo, o sapato tem que ser confortável e combinar com o uso que você pretende dar a ele.

Se estiver em busca de uma alternativa à prova de erros, o New Balance 247 é uma pedida incrível. Cheio de características que oferecem um ótimo visual, é um modelo que está com tudo atualmente.

Quer saber o motivo? Então vem conferir 4 razões para comprar o seu New Balance 247.

1. O modelo é versátil e aparece em várias cores

Uma das melhores características desse tênis é que ele tem um design bem clean, com linhas paralelas e quase tradicionais. A logo na lateral não é chamativa e as cores são variadas.

Para quem quiser algo clássico, o cinza com preto, com branco ou com marrom é uma boa pedida. Já o marrom traz um tom de modernidade e o azul é ousado na medida. Quer ir de all black? Então a versão em preto é a melhor de todas.

Por causa do estilo, ele funciona em muitas situações. Mesmo um evento um pouco mais arrumado — com traje esporte fino, por exemplo — pode ter a companhia desse modelo.

2. A entressola absorve os impactos

Outro ponto de destaque do New Balance 247 é a sua entressola. Feita com um material especial, traz a tecnologia RevLite. Todos os seus passos são amortecidos e você nem vai lembrar que está de calçados.

Para completar, a entressola cria um visual diferenciado, com um estilo branco e toque de cor. Arrojado, o detalhe feito em borracha finaliza a produção e é perfeito para transmitir modernidade.

3. Os materiais do New Balance 247 são de excelente qualidade

Não adianta ter um tênis de visual incrível, mas que não dura nada, né? Ao adquirir o seu 247 você não corre esse risco. Afinal, ele é feito com os melhores materiais do mercado e com um processo caprichado.

Além de isso trazer acabamento e conforto, faz a peça durar mais tempo. Em uma das áreas, o tecido tem furos especiais que permitem que o seu pé respire. Amigo da sua pele, o material ajuda a garantir uma excelente experiência.

4. O estilo é uma marca definitiva dessa peça

Não é porque o New Balance 247 é versátil que ele é sem graça — muito pelo contrário. A união de nobuck, borracha e tecido tecnológico, por exemplo, dá um toque especial à peça. Some isso aos diferentes tons e detalhes e você consegue um visual único e que transmite a mensagem certa.

Como o próprio nome diz, é ideal para ser o seu companheiro 24 horas, 7 dias por semana e em todas as situações. Perfeito para levantar qualquer combinação sem graça, é uma escolha que não deve faltar na sua coleção.

O New Balance une beleza, conforto e estilo. Durável e muito interessante, é uma peça única e que vale a pena o seu investimento. Depois de comprá-lo, você entenderá por que ele é uma das maiores febres do momento!

Qual é a sua opinião sobre essa opção? Conte nos comentários e participe!

Puma Roma: 4 razões para investir no tênis que é puro estilo

Puma Roma: 4 razões para investir no tênis que é puro estilo

Ter aquela peça curinga para usar e deixar os pés confortáveis é muito importante. Poder contar com um tênis que combina com tudo ajuda a produzir visuais até quando você estiver na dúvida.

Se quiser investir em uma alternativa com ótimas qualidades, o Puma Roma é o modelo ideal. Básico e bonito, é uma opção que faz sucesso por onde passa. Mas será que isso é o suficiente para convencê-lo?

Para tomar a decisão de vez, veja 4 motivos para investir nele e descubra por que ele vale tanto a pena.

1. O aspecto casual combina com o cotidiano

Na hora de sair com os amigos ou apenas de dar um passeio, nem sempre você quer usar um tênis que chame tanta atenção. Nessas situações, o Puma Roma surge como uma alternativa ideal.

Ele tem um design arredondado e linhas curvas, que dão aquela sensação de movimento. Seus tons são neutros e variam do preto, branco e cinza até o azul marinho. Clássico, é um excelente companheiro para momentos casuais e para finalizar uma combinação contemporânea.

2. O conforto é um carro-chefe desse modelo

Já que é tão casual e ideal para escolher em várias ocasiões, o tênis não poderia ser desconfortável, não é? Feito com material sintético, é moderno e muito agradável de usar em diversas situações.

O solado tratorado absorve parte do impacto, enquanto o interior é de tecido macio. Ainda tem adições de couro e nylon, o que favorece a sensação, mas sem perder o visual arrojado. É só calçar essa peça e se preparar para curtir o dia do jeito que você preferir!

3. O Puma Roma tem um excelente custo-benefício

Por se tratar de uma peça da Puma, é comum achar que esse é um item de luxo, quase inacessível. Conhecida por sua elevada qualidade, a marca tem muitas peças que custam até milhares de reais. Felizmente, o Puma Roma não é uma delas.

O modelo é econômico, especialmente pelo que oferece. Com um visual de item de luxo, traz um preço que cabe no seu bolso. Então, não é preciso se preocupar em botá-lo para bater. Se gostar tanto a ponto de querer outro de uma nova cor, a aquisição não será nada difícil!

4. O uso das atividades físicas também é recomendado

Você é do tipo que gosta de pegar pesado na academia ou no crossfit? Ou é adepto de correr no parque para manter o shape? Pois saiba que esse modelo pode ajudá-lo a chegar onde deseja — e a deixar o treino pago.

Como absorve o suor e os impactos, é uma escolha que funciona bem. Inclusive, foi lançado em 1968 como um tênis de corrida e para a prática de atividades físicas. Com o estilo casual, é uma ótima pedida para fugir da aparência tradicional de outros modelos e garantir uma diferenciação!

O Puma Roma é um verdadeiro clássico à frente do seu tempo. Com alta qualidade e uma experiência única, é ideal para acompanhá-lo em todos os momentos do seu cotidiano — sem perder o estilo.

Nos comentários, conte as suas impressões sobre essa escolha e participe!

Onitsuka Tiger Califórnia 78: conheça os 40 anos de história desse tênis

Onitsuka Tiger Califórnia 78: conheça os 40 anos de história desse tênis

Todo tênis tem uma história. Sua inspiração, fabricação, material e composição certamente têm uma razão de escolha. Conhecê-los pode ser uma boa maneira de considerar a compra de um modelo de calçado, não acha?

De repente, o tênis pode representar muito mais do que somente um material esportivo de que você precisa, e você nem sabia disso… Está precisando de um tênis novo e não conhece boas opções para comprar? Que tal conhecer um pouco mais sobre a história do Onitsuka Tiger Califórnia 78?

Continue a leitura deste post e fique por dentro de tudo sobre esse modelo clássico e ao mesmo tempo moderno e tão popular!

A inspiração para o Onitsuka Tiger Califórnia 78

Primeiramente, vale destacar que o tênis Onitsuka Tiger Califórnia 78 recebeu esse nome devido ao local de nascimento do conhecido “jogging” ou “cooper”: aquelas tradicionais corridas e/ou caminhadas que muita gente pratica, visando perder uns quilinhos, entrar em forma e ganhar mais qualidade de vida.

O nome e a inspiração para esse modelo vieram da verdadeira explosão do jogging no final dos anos 70, seguindo com força total pela década de 80. Então, o Onitsuka Tiger Califórnia 78 carrega a silhueta considerada atemporal, presente nos modelos de tênis de corrida daquela época. Ou seja, são 40 anos de história e sucesso!

O que torna esse tênis tão popular

O modelo Onitsuka Tiger Califórnia 78 tem um design bastante popular e que agrada a maioria dos praticantes de corrida e caminhadas. Uma das características únicas e que é responsável por sua popularidade entre os consumidores e apaixonados por tênis e corrida é a maneira como o modelo se acomoda ao seu calcanhar, sem gerar desconforto aos pés durante as passadas.

O tênis tem um estilo casual e boa variedade de cores (branco, azul, vermelho, preto, cinza, grafite, entre outras tantas). Por isso, o Onitsuka Tiger Califórnia 78 pode facilmente ser incorporado ao seu dia a dia, sem que necessariamente seja um calçado exclusivo para praticar atividades físicas. É uma chance de se manter confortável, moderno e com um look incrível!

Mais amortecimento e conforto

Mesmo com design moderno, o Onitsuka Tiger Califórnia 78 traz de volta a silhueta clássica, que traz ao calçado um ar de modelo “retrô” de tênis de corrida. Sua parte superior é feita em nylon e apresenta reforços em camurça.

O solado é de borracha, inspirado no chamado “solado de tubarão” ou solado tratorado, devido aos recortes têxteis que remetem aos dentes daquele temível predador marinho. Além disso, o Onitsuka Tiger Califórnia 78 conta com a maravilhosa palmilha OrthoLite®, que proporciona mais amortecimento aos pés, sem eliminar o conforto necessário para correr e caminhar.

Agora que você já sabe tudo sobre o modelo Onitsuka Tiger Califórnia 78, o que acha de investir em um estiloso e clássico par de tênis para os seus pés? Quer garantir mais conforto e beleza ao longo de sua rotina e nos momentos de atividade física? É hora de investir no seu!

O que achou do post? Já conhecia o tênis Onitsuka Tiger Califórnia 78? Ficou com alguma dúvida que precisa ser esclarecida? Deixe aqui um comentário com sua opinião ou perguntas sobre esse modelo de tênis tão incrível.

Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.